Cuidador em casa ou casa de repouso: saiba o que é melhor

insert image
Cuidador em casa ou casa de repouso: saiba o que é melhor

Com o avanço da idade idosos geralmente precisam de atenção constante devido à dificuldade de locomoção e/ou perdas cognitivas. Nesses momentos a família costuma procurar um cuidador ou uma casa de repouso, mas por vezes existem dúvidas do que é melhor.


A principal diferença entre essas duas opções é que uma é home care, onde o cuidador atende em casa, e a outra envolve a mudança do idoso.


É importante ressaltar que cada caso é diferente e por isso as opções devem ser estudadas detalhadamente, levando em conta a personalidade e estilo de vida do idoso, além do contexto familiar e condições dos familiares.

Vantagens de cuidador em casa

Contratar um cuidador que fique em casa com o idoso tem muitas vantagens e pode ser a melhor opção para a maioria dos casos. Isso porque em casa o idoso tem o convívio com familiares e está em um ambiente familiar e confortável.


Já foi comprovado que o atendimento de saúde domiciliar favorece a reabilitação e pode desacelerar perdas cognitivas. Há a possibilidade ainda de ter um cuidador em casa apenas durante a noite ou em períodos em que o idoso ficaria sozinho.


Conheça os benefícios do atendimento de saúde domiciliar.


Para cuidar do idoso em casa, muitas vezes é preciso fazer adaptações no ambiente para facilitar a locomoção, diminuir os riscos de queda e melhorar a qualidade de vida. Essa modalidade também exige maior suporte e presença da família


Saiba como adaptar sua casa para idosos!

Vantagens da casa de repouso

Para casos em que a família more em outra cidade, não tenha condições de viver com o idoso ou casos em que o paciente não tenha mais parentes vivos, a casa de repouso pode ser uma boa opção.


Viver em uma casa de repouso promove a socialização com outros idosos. A instalação geralmente possui ambientes adaptados para a terceira idade e equipe profissional para cuidar dos pacientes.

Qual a melhor opção

A escolha entre uma dessas opções é muito pessoal e depende de diversos fatores. A melhor coisa a se fazer é estudar as opções com cuidado e conversar com o idoso e com o resto da família. 


Vale ressaltar que sempre que possível, a proximidade da família e o ambiente familiar costumam ser mais confortáveis para o idoso.


Se optar por cuidador, uma boa ideia é procurar empresas especializadas para fazer a ponte com um bom profissional, observando seu histórico e recomendações. No caso de casas de repouso, faça visitas ao local previamente e procure referências.


Precisa de um cuidador e atendimento de saúde em casa de confiança? Clique aqui e fale com a gente.



Confira outras matérias

insert image