Entenda a diferença entre um cuidador e profissional de enfermagem

insert image
Entenda a diferença entre um cuidador e profissional de enfermagem

Com o avanço da idade e a perda de habilidades motoras e cognitivas, é normal que idosos precisem de alguém para auxiliá-los ao longo do dia, especialmente se o idoso necessitar de cuidados de saúde.


Quando o idoso começa a apresentar a necessidade desse acompanhante, a família costuma procurar um cuidador ou profissional de enfermagem para ajudar nos cuidados domiciliares. Muitas vezes, surge a dúvida de qual optar.


Diferença entre cuidador e profissional de enfermagem


Saber as diferenças entre um cuidador e um profissional de enfermagem torna a contratação muito mais assertiva. As principais diferenças entre cuidador de idosos e enfermeiro estão relacionadas ao nível de formação e às atividades que cada um pode exercer.

Cuidador

A profissão de cuidador ainda é considerada informal, mas o Projeto de Lei 284/2011 visa regularizar a profissão e seus requisitos.

Atualmente, para ser um cuidador é necessário ter:

  • Mais de 18 anos.

  • Ensino Fundamental completo.

  • Curso de qualificação da área.

A atuação dos cuidadores pode ser realizada diretamente na casa de quem necessita de cuidados, hospitais, casas de repouso ou outros lugares. As leis trabalhistas devem ser de acordo com as estabelecidas aos empregados domésticos.

Os trabalhos atribuídos aos cuidadores são de apoio emocional, auxiliar na rotina de higiene pessoal e do ambiente, realização de cuidados preventivos, administrar medicamentos e acompanhar o deslocamento da pessoa a ser cuidada.


Profissional de enfermagem

A área de atuação do profissional de enfermagem abrange os auxiliares, técnicos e enfermeiros.

Auxiliar de enfermagem

O trabalho do auxiliar de enfermagem é sempre supervisionado pelo técnico ou pelo enfermeiro. Ele está apto a realizar curativos, aplicar vacinas, injeções, administrar medicamentos, higienizar o paciente, entre outras atividades de baixa complexidade. 

Técnico de enfermagem

O técnico de enfermagem é o profissional de nível médio, cuja formação consiste em um curso de dois anos. Ele é capacitado para atuar com pacientes de nível médio e alta complexidade. Seu trabalho se volta aos procedimentos e à parte técnica.

Enfermeiro

O enfermeiro é o único profissional com curso de nível superior entre os três, o que significa que ele precisa fazer a graduação universitária para obter o título. 

Quando se forma, a pessoa é capaz de dar assistência de saúde a todos os níveis de complexidade de paciente — desde os mais simples até casos graves, como aqueles internados em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

Como escolher o profissional a ser contratado?

A escolha deve ser feita baseada nas necessidades específicas do idoso, contexto familiar e orçamento disponível. É importante fazer uma entrevista detalhada com o profissional e colocá-lo em contato com o idoso para ver como será a interação.

Se possível, a opinião do idoso deve ser ouvida. O caráter e personalidade do profissional são fatores imprescindíveis para a contratação de um cuidador ou profissional de enfermagem. 


Precisa de auxílio para saber como cuidar de idosos em casa? Nós podemos te ajudar!





Confira outras matérias

insert image